Tag Archives: páscoa

Alles Blau!

Era uma manhã pacata de terça-feira no centro do Porto. Mas não era um dia qualquer. O feriado de páscoa acabara na segunda, e tudo deveria voltar ao normal. Acordei estranhamente estranha. Não sei se a culpa foi da excessiva quantidade de chocolate que comera desde o domingo ou se “as borboletas” aterissaram em minha cabeça por causa da possibilidade de prolongar minha vida na Europa.

A esquina da tal rua do Rosário

Um pedacinho da minha rua pacata

Certo é que eu não estava bem certa. Comi meu sucrilhos matinal, tentei me ocupar com os trabalhos de faculdade, fiquei na varanda olhando a chuva… e nada! Nenhum insight para meu livro ou inspiração para escrever sobre o turismo em Vila Nova de Gaia. O jeito foi pensar no cardápio do almoço, já que passava do meio-dia.

Não costumo ouvir música quando cozinho. Me desconcentra. Mas naquele dia eu já estava um pouco afetada, então puxei uma pasta chamada sonstige, que está em meu desktop, e foi-me passada em meu segundo dia na terrinha por um alemão cujo o nome não lembro, mas estava hospedado no mesmo hostel que eu. Enfim, apesar das músicas alemãs e das baladinhas conhecidas da Dido, Outkast e Nelly Furtado, encontrei um artigo raro perdido por ali.

Yo listen up here’s a story
About a little guy that lives in a blue world
And all day and all night and everything he sees
Is just blue
Like him inside and outside
Blue his house with a blue little window

Uma música que, com certeza absoluta, todo mundo conhece, mas ninguém deve saber que a letra é tão tosca. Aliás, tosca não. Foi perfeita para aquela terça-feira, 14 de abril. Depois de ouvir umas 149.826.946 vezes – em especial, o iniciozinho – decidi fazer uma brincadeirinha tipo “espírito de porco”. Graças ao moche, da tmn, liguei para os amigos “ouropretianos” e coloquei-os a ouvir I’m blue da ba dee da ba die, I’m blue da ba dee da ba die.

– “Alô?”
– Yo listen up here’s a story about a little guy that lives in a blue world…
– “Fernanda, tu enloqueceu?”
– I’m blue da ba dee da ba die, I’m blue da ba dee da ba die…

A Maren estava em casa e logo decretou: “É a última vez que tu coloca essa música hoje”. Ainda pedi que ela não falasse, pois o telefone estava continuamente no alto falante, e a moral da brincadeira é não deixar os outros te ouvirem rolar de rir – ou conversar sobre quantas vezes eu posso deixar uma música no repeat. Depois de alegar que eu deveria ter uns 11 ou 13 anos naquele dia, disse para ela que seria a “letzte mal”.

Chegou um ponto que ninguném mais me atendia. Ou então, atendiam para xingar e dizer que eu estava louca. Ouvi até um “guarda um pouco disso para mim”, já que eu tinha crise de risos e não estava em condições de falar tamanha dor na barriga. A última estratégia foi enviar via sms a letra da música. Até um amigo que estava viajando por Frankfurt recebeu. “Oh Ferrr, que mensagem em inglês era aquela que ocê me enviou?”.

“Abril, chuva a mil”, diz o ditado aqui no Porto. Tudo bem que só chove aqui, mas tem gente que ainda se diverte.

Deixe um comentário

Filed under Vida Portuguesa

Páscoa nublada

“Tu nunca vistes granizo?”, disse Maren ao ver minha cara de espanto por causa das pedrinhas que caíram de repente do céu. Eu até tinha visto granizo antes, uma ou duas vezes lá em Porto Alegre. Mas na sexta-feira de ramos foi diferente. O céu estava escuro, com nuvens enormes. A chuva era fina, como sempre aqui no Porto. De repente, cai uma tromba d’água e, logo em seguida, as tais pedrinhas de gelo. Foi rápido. Em questão de dez segundos, elas haviam sumido. Foi tempo suficiente para decretar o começo de uma páscoa nublada.

Uma hora depois, eu estava sozinha em casa. A flatmate brasileira viajou no início da semana. As duas alemãs se mandaram para Tomar – no centro do país – na sexta. Decidi passar o dia na cozinha, preparando um super jantar de boas-vindas para os amigos que voltariam da Espanha mais tarde.

Como sempre, o tempero foi insuficiente. Apesar disso, o bolo de abacaxi ficou uma delícia!

Lasanha para dias em que não se pode comer carne

– Colocar massa para lasanha em uma panela com bastante água e sal.

– Ferver aos poucos, por cerca de 6 minutos. Mexer para não colarem.

– Cozir legumes. Sugestão: couve-flor, brócolis, cenoura, batata, cogumelos, beringela e etc.

– Montar em uma forma alternando o molho branco, recheio e queijo.

– Gratinar no forno por cerca de 15 minutos

Não lembrei de fotografar o resultado, mas garanto que ficou bom. Rendeu até “requentamento” no sábado. A receita do molho branco foi minha amiga Alice quem passou. Aliás, ela é uma daquelas portuguesas que manja tudo de cozinha e sabe fazer comida como ninguém!

Molho branco da Alice

– 1/2 de leite
– 4 colheres de sopa de farinha
– 2 colheres de sopa de manteiga

– Deixar a manteiga derreter na panela e adicionar a farinha. Mexer e, em seguida, acrescentar o leite quente e uma colher pequena de sal. Mexer em fogo baixo até engrossar.

O domingo de páscoa foi um tédio. Abri a caixa de Ferrero Rocher que ganhei da Ann Sophie no começo do mês e comi umas amêndoas coloridas. A noite, jantei na casa duma amiga para ver se o dia ficava um pouco mais colorido. Apesar disso, o tempo feio permanece até hoje, segunda-feira, último dia do feriadão de Páscoa português.

3 comentários

Filed under Vida Portuguesa

Mini preço

Uma caixa de bombons Garoto e uma de Ferrero Rocher custando praticamente a mesma coisa? Só na Europa mesmo. Sempre costumo fazer minhas compras no Minipreço. Supermercado simpático e perto de casa, já conheço todos os funcionários da filial Miragaia – meu bairro. Eles batem de propósito no meu cestinho com rodinhas e ficam dizendo que me acho esperta só porque sou brasileira. Aliás, eu sempre reclamo da comida, mas falo bem da bebida. Devem achar que sou uma bêbada, pois quase sempre levo garrafas para trocar por sete cêntimos cada.

Ontem fui ao Minipreço novamente. Além de trocar 0,91 euro em garrafas de cerveja, peguei um dos folhetos com as ofertas da semana. Estamos perto da páscoa, por isso, chocolates ocupam duas das dozes folhas do livrinho promocional. O que mais me chamou a atenção foi a equiparagem de preços entre Ferrero Rocher e aquela porcaria de chocolates Garoto. Nossa! São apenas 10 cêntimos de diferença.

Adivinha o que eu vou pedir pro coelhinho da Páscoa?

Adivinha o que vou pedir ao coelhinho da Páscoa?

Mais alguns mini preços:

Kinder Ovo grande e com surpresa (!) : 7,29 euro

Vinho Branco (Bom demais! Comprei ontem para a janta) : 1,19 euro

Desodorante Spray Nivea : 2,69 euro (E me disseram que produtos de higiene eram caros por aqui!)

Caixa cerveja Super Bock com 24 unidades : 5,39 euro

Pacote de macarrão 500g : 0,37 euro

Rolinhos primavera congelados com 4 unidades: 1,59 euro (Provei e é beeeem apimentado..)

2 comentários

Filed under Vida Portuguesa