Tag Archives: moda

#ficadica: Os casaquinhos da Blanco

€ 12,99. Esse é o preço da minha peça de roupa favorita. Podem me chamar de velhota, mas eu adoro um casaquinho!

Casaquinhos fofinhos da tia Fernanda! (foto by Kelly Guimarães)

Os da Blanco são os melhores. Têm um bocadinho de lycra e daí ficam mais justinhos ao corpo: Dá pra usar aberto ou fechado, tipo blusinha de inverno.

Se eu pudesse dar uma dica, essa seria: Não deixe de ir a Blanco. A marca é espanhola, e costumava ter loja somente na cidade do Porto, mas agora tem em Lisboa também. Na minha opinião, uma das melhores lojas fast fashion. (Ok, Zara, não fique com ciúmes. Você ainda é a number one no meu coração!).

Aliás, a Blanco tem os melhores preços na época de saldos, em especial para os vestidos. Biquíni também vale a pena comprar lá, pois saem por cerca de € 12 – se bem que a parte de baixo é geralmente inutilizada pelas brasileiras, pois dá pra usar fraldas com aquele pano todo!

Dei uma espiadinha no site agora e descobri que eles estão vendendo online. Se bem que nem adianta ficar empolgada: 1) O custo da entrega mata a pessoa provavelmente; 2) É melhor nem sonhar, pois eles nem devem entregar no Brasil; 3) Se entregam e eu arrisco pagar o frete, corro o risco de ter mercadoria apreendida pela alfândega e ter que arcar com os custos de imposto de importação. Enfim, o mais importante de tudo isso é que eu não gosto de comprar roupa sem experimentar, portanto, as compras ficam para a próxima passagem pela Europa!

1 Comentário

Filed under Espanha, Europa, Porto

O barato da moda não é a C&A

Duas malas de 32kg cada somadas a uma mala de mão de 10 quilos pode até parecer suficiente. Garanto que não é!

Entre tantas idas e vindas, ainda não consegui trazer todas as roupas que acumulei em dois anos de Portugal. Sério, é o lugar mais barato do mundo quando se pretende renovar o guarda-roupa.

Para entender um pouco melhor do que eu estou falando, dá uma olhadela básica no site da Zara Portugal, da HM, Stradivarius, Bershka ou Blanco.

A Zara é a minha loja preferida de todos os tempos e em todos os lugares. Alguém ja viu comercial ou publicidade da Zara? Não né. É porque não há. Eles simplesmente não precisam pois atraem os cliente com moda de passarela a preço justo.

O azul é o novo preto (eu li isso em algum lugar)!

Admito que quanto vou a Zara aqui de Porto Alegre, minha cidade atual, me sinto uma trouxa. Já paguei 99 reais por um casaquinho que eu pagaria NO MÁXIMO 20 euros. Em Portugal, levaria dois. A conclusão que eu chego é que o imposto no Brasil não é alto, é ABSURDO!!

Olha que graça. Melhor ainda é o preço!

A HM é super famosa principalmente nos Estados Unidos. É o tipo de loja onde não se encontrar alguma coisa super legal logo de cara. Tem que fuçar. Tem que rodar muita arara para achar alguma coisa interessante o suficiente para levar ao provador. Tem que voltar toda a semana para ver se chegou alguma coisa nova que seja bacana. Mas olha, apesar disso tudo, vale a pena. Quando a gente finaliza a compra lá, se sente recompensada pois o custo-benefício agrada demais.

A Stradivarius e a Bershka são marcas do guarda-chuva Zara. Amancio Ortega, o dono desse império da moda, é o cara mais rico da Península Ibérica. Bom, o que importa falar aqui é que na Stradivarius você encontra bolsas lindas e cores sóbrias. A Bershka é bem mais colorida e barulhenta. As compras lá são sempre embaladas por música alta.

A Blanco é minha loja do coração. Muito tigreza, cores fortes e estampas descombinadas. Às vezes chega a ser exagerado e pode soar como brega, mas tem muita coisa ma-ra-vi-lho-sa! As lojas são perfumadas com alguma essência muito boa, que fica na roupa até a primeira lavagem. Lá você acha biquini a 12 euros e sandálias a 15. É um espetáculo!

A época de liquidação, em Portugal, inicia logo após o Natal (para a coleção de inverno) e vai até fevereiro. As promoções da coleção de verão começam em julho.

Depois de algum tempo afastada da terrinha lusitana me sinto uma idiota por não ter pago excesso de bagagem e carregado mais e mais roupas. Pode parecer um comentário fútil, mas não é. Sou apenas econômica e prática. Até porque, comprar roupa legal com preço de C&A só em Portugal mesmo – e olha que a C&A de lá é lamentável!

6 comentários

Filed under Portugal