50 euro x 50 real

O Real é a moeda brasileira desde 1994, enquanto o Euro iniciou sua circulação na Europa em 2002 – apesar de existir como moeda escritural desde 1999. As novas cédulas do real são muito parecidas com as do euro. As de 50 e 100 começaram a circular em agosto de 2011. Os demais valores (2, 5, 10 e 20) iniciam sua circulação em 2012.

Qualquer coincidência não é mera semelhança🙂

Na cotação de hoje, 50 euros valem aproximadamente 125 reais – e 50 reais valem 20 euros!

Um índice muito famoso no mundo para calcular o real valor de uma moeda (em comparação com o dólar) é o Big Mac Index. E eu digo mais: Para comparar a valorização de duas moedas pode-se utilizar ainda o preço do maço de cigarro e do litro de Coca-Cola.

1 litro de Coca-Cola em Portugal: € 0,89
2 litros de Coca-Cola no Brasil: R$ 3,29

Malboro vermelho Portugal € 4,00
Malboro vermelho Brasil R$ 4,25

Cheeseburger Mc Donalds Portugal € 1,00
Cheeseburger Mc Donalds Brasil R$ 3,50

Confesso que não sei o preço do Big Mac, pois não sou fã (e faz tempo que eu não vou ao Mc). Assim, decidi comparar o preço do cheeseburger. Também não achei o preço da Coca-Cola de 1 litro. No Brasil, o mais comum é comprar sempre de 2 (aqui em casa, às vezes, compra-se de 1,5).

Enfim, somando a cestinha portuguesa (coca-cola, tabaco e cheeseburger) dá € 5,89. As compras brasileiras saem por R$ 11,04 (e contem um litro a mais de Coca-Cola!).

Ao converter para o dólar, resultado é o seguinte:

Cestinha Portugal: US$ 8,12
Cestinha Brasil: US$ 6,18

Mas isso não quer dizer que as coisas são mais caras em Portugal. Em economia é importante lembrar sempre do fator inflação: E essa é uma palavra mais-do-que-usada no Brasil (enquanto que na zona euro os preços não mudam da noite para o dia). Outra coisa é o preço do tabaco: Cigarros são extremamente taxados de impostos na Europa. No Brasil, estão tentando fazer o mesmo, mas ainda continua mais barato na comparação com o preço europeu.

4 comentários

Filed under Brasil, Portugal

4 responses to “50 euro x 50 real

  1. Marcelo

    Pelo amor de deus! Porque não indexa nessa formula o salário mínimo dos dois países? É ilógico usar esses tipos de itens para se dar uma perspectiva, tabaco nunca foi um item relevante para viver e sabemos que esse item tornaria qualquer cestinha desvantajosa para Portugal, dada as políticas de fumo. Viver em um país se entende por fazer parte de seu sistema, agora se esse seu texto estiver querendo prever se seus reais valerá muito se os levar a Portugal para passar um semestre de intercâmbio, já é outra coisa!

    • fernandapugliero

      Marcelo, seu comentário não faz sentido algum. Pelo visto, deves ter vivido sempre no mesmo país e não ter ideia do que é viver com dinheiro estrangeiro no estrangeiro (!). Olha, eu não fiz a comparação para prever gastos em período de intercâmbio pq já passei dessa fase há séculos (pra falar a verdade, nunca fiz intercâmbio de verdade: aquele bancado pelos pais, sabe?).

      Minha intenção com o post não foi desmerecer o euro ou chamar Portugal de lixo (como fazem muito por aí..). Quis apenas comparar o custo de vida dos dois países de uma forma coerente (e o tabaco tb não é item essencial de sobrevivência no Brasil.. aliás, cá fuma-se menos que em Portugal). Se você parar um instante para pensar, vais perceber que de nada vale comparar vencimentos mínimos entre dois países que não têm a mesma história econômica, taxa de inflação e crescimento. Isso sim seria ilógico!

      Espero que não leves a mal meu comentário, releia o post e volte sempre🙂

      • Marcelo

        Por acaso estou aqui em Portugal fazendo intercâmbio! Creio que não entendeu meu comentário. Acho engraçado dizer que não escreveu esse texto para prever gastos em período de intercâmbio, já que, como eu disse anteriormente, só serviria para isso. Não achei que desmereceu o euro, de forma alguma, minha crítica foi nessa formula ridícula que tentou criar para concluir alguma coisa. Você tem que ser mais auto critica e pensar no que vai parecer seus textos antes de jogar eles na internet, porque realmente pareceu que fez esse texto brincando, como se fosse um texto para descontrair, mas como não disse se realmente se tratava de uma brincadeira, então conclui que tentou falar sério! Ai que a coisa se tornou ridícula, ainda veio dizer que a forma que tentou comparar o custo de vida dos dois países é coerente, por favor! Falei que o tabaco não é um item relevante para se viver e que não deveria entrar nunca em uma formula para comparar custo de vida! Realmente é muito difícil comparar dois países já que tem políticas e histórias diferentes, mas foi exatamente isso que tentou fazer nesse texto que escreveu. É difícil comparar dois países, mas não é impossível, tem pessoas que trabalham nisso e tem métodos e formulas para tentar se aproximar ao máximo do que seria uma forma justa de comparação, por isso sugeri que seria muito menos medíocre o seu texto se tentasse usar elementos que realmente influenciem o custo de vida de uma pessoa em um país. Sinceramente não sei se você é formada ou estuda comunicação, mas acredito que não, e caso eu esteja enganado, fico preocupado por ver esse tipo de informação, porque tem pessoas que vêm para Portugal e que usam essas informações como base. As vezes ajudamos mais ficando calados!

  2. Apesar do que alguns acham (Marcelo, por que não te calas?), o texto me ajudou. Estou pensando em me mudar para Portugal na aposentadoria e não quero gastar meu dinheiro em cigarros caríssimos.
    Penso em plantar meu tabaco… E uma idéia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s