(Mais um) sismo atinge Portugal

Em 1755, a cidade de Lisboa foi destruída por um terremoto seguido de maremoto. O negócio deve ter sido gigantesco, pois a pequenina Torre dos Clérigos ficou sendo o prédio mais alto de Portugal por alguns anos – e a torre é mesmo pequenina.

Com 75 metros de altura, a torre foi o mais alto edifício de Portugal na época de sua construção (iniciada em 1754, um ano antes do terremoto!)

O desenvolvimento urbano em Portugal se dá primordialmente no litoral. Aliás, além de primordialmente, digo mais: Principalmente. É como se Portugal estivesse de costas para o resto da Península Ibérica (resto = espanhóis). A cara do país mergulha no Atlântico. Foi por isso que a combinação terremoto + maremoto foi tão devastadora na maior cidade de Portugal desde sempre.

Portugal é seu litoral. Não há nada (ou quase nada) no interior do país. Talvez em cidades próximas a rios o desenvolvimento tenha ocorrido com alguma grandeza, mas, em geral, o crescimento do país sempre foi junto ao oceano. É por isso que países como Portugal devem se preocupar com o aumento do nível dos oceanos. E, digo mais, outros países de desenvolvimento litorâneo deveriam se preocupar, tipo o Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Porto Alegre, Floripa e por aí vai…). A notícia boa é que as falhas no fundo oceânico do Atlântico estão mais pra lá do que pra cá, ou seja, a subida do nível do mar é problema de ordem mundial, mas terremotos, vulcões e afins não atingem a terrinha-do-verde-e-amerelo – pois, Deus deve ser brasuca mesmo…

Bom, a notícia quente é que ontem ocorreu mais um sismo em Portugal. Aliás, sismos são muito comuns no país. Ocorrem a toda a hora. Os açores surgiram por causa de atividade vulcânica. Vulcões estão ligados a falhas tectônicas que se conectam aos sismos e terremotos. Pois, os Açores se localizam justamente no encontro de três placas tectônicas (é memô fixe!). Por isso que Portugal tem sismo a toda hora.

Meu objetivo não é alarmar do tipo “vai ter um terremoto a qualquer momento e vamos todos morrer”. Acho interessante as pessoas entenderem direitinho porque a Terra se manifesta. Geografia, assim como os Açores, é memô fixe (ainda mais a geografia portuguesa).

Enfim, a notícia de hoje sobre sismos, divulgada pela Agência Lusa é a seguinte:

Lisboa, 28 jun (Lusa) — Um sismo de magnitude 2,7 graus na escala de Richter foi registado esta madrugada às 03:15 com epicentro a cerca de 14 quilómetros a sudoeste de Vila do Conde, informou o Instituto de Meteorologia. O abalo registado nas estações da Rede Sísmica do Continente foi sentido na região da Maia, bem como nos concelhos de Matosinhos, Vila do Conde, Gondomar e Porto. Segundo as informações disponíveis até ao momento pelo Instituto de Meteorologia, o sismo não causou danos pessoais ou materiais.

Será que deu para sentir o tremorzinho no Porto? hehe

3 comentários

Filed under Porto, Portugal

3 responses to “(Mais um) sismo atinge Portugal

  1. J.S. Pereira

    Não sei se foi equívoco, mas pelo que sei da geografia lusitana, a Torre dos Cléricos fica na cidade do Porto e não em Lisboa. Quanto a denominação Portugal litoral, acredito que o autor desconheça a história do país e deva estar se referindo a navegação em tempos remotos. Conheça o país, viva sua plenitude e o sinta no coração.

    • fernandapugliero

      Caro J.S., não entendi seu comentário. No texto, por algum acaso, você leu que a Torre dos Clérigos fica em Lisboa? Eu nunca disse isso. Até pq, morei 2 anos no Porto e muito próxima da Torre (a via todos os dias da janela do meu quarto), ou seja, leia melhor da próxima vez.

      Sobre “Portugal litoral”, olha, eu sou estudante de Geografia da Universidade do Porto, ou seja, já cursei disciplinas como Geografia Física de Portugal, portanto, sei que não estou falando nenhum absurdo.

      Fico grata pelo comentário. É sempre bom desfazer pensamentos equivocados🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s